A PMPR e o crime por não fazer

Padrão
ensino superior

ensino superior

Estamos estudando em conjunto com educadores e advogados responsabilizar na justiça a PMPR pelo “crime de não fazer”, ou seja, se eles possuíam condições de ter adequado a APMG à UNESPAR e não o fizeram, e por consequência deixaram de oferecer aos nossos policiais cursos mais adequados, é de suma importância que eles respondam por essa questão de forma criminal, e as associações representativas dos mesmos participarão desse processo, pois não é possível que o Paraná se mantenha no atraso, especialmente numa área sensível como a da segurança.

O CEE deu todas as oportunidades possíveis para a adequação, ofereceu prazos mais do que razoáveis e a PMPR não deu a contrapartida, terão ao menos que esclarecer a sociedade o porque de se manterem no ostracismo. A democracia e a sociedade brasileira não podem mais conviver com esses anacronismos históricos.

Anúncios

Uma resposta »

  1. Concordo plenamente com vocês! A Polícia deve esclarecimentos à população. Não podemos mais deixar essa Instituição nas mãos de pessoas incompetentes, que se acham donos dela. Essa instituição é pública com tantas outras e eles devem ser responsabilizados sim pela má gestão da administração pública.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s