A Revolta do Vintém: ano 2013

Padrão
Revolta do Vintém, 1879

Revolta do Vintém, 1879

18 de junho de 2013, definitivamente entrou para a história, dia de completa agitação em função do ressurgimento da sociedade civil brasileira, após anos de silêncio, praticamente 20 anos. Essa era uma inquietação intelectual que não me deixava em paz. Que atores sociais surgiriam já que a  Central Única dos Trabalhadores – CUT e o PT alçaram o status de governo, ocorreu um esvaziamento.

Um Brasil achincalhado, um sistema insatisfatório de saúde, educação, transporte público e muita, mas muita corrupção! Sem falar no esbanjo com a Copa do Mundo.  O esvaziamento existente nos partidos políticos, ou seja, essas pessoas que estão nas ruas não se sentem representados pelos políticos ou pela política partidária, nenhum partido político conseguirá capitalizar essas mobilizações, pois estão sendo veementemente rejeitados no meio da mobilização.

Quem são essas pessoas? Observando, são jovens-estudantes, jovens-adultos, trabalhadores e trabalhadores, idosos e idosas, cansados, exaustos de observarem o caos diante de seus olhos e que resolveram tomar as ruas por conta dessa insatisfação.

A revolta do vintém contemporânea é a luta pelo reconhecimento e a redistribuição econômica e social…

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s