Dilma lutou pelo socialismo e não pela democracia

Padrão

A visão de Gabeira sobre a guerrilha no Brasil

É sempre interessante ouvir o Gabeira. Achei esse vídeo esclarecedor, pois as vezes de tanto ouvir uma mentira ela se torna uma verdade. A luta armada no Brasil não era pela democracia, era sim contra a ditadura militar para substituí-la pela ditadura do proletariado. O próprio Gabeira reconhece que não lutou pela democracia como valor, mas sim pela ditadura do proletariado, rumo ao socialismo, para ele, aliás hoje utópico.

Gabeira repele a aura romântica que envolve Cuba  e repudia também as ditaduras de esquerda. O que me chamou atenção nesse vídeo do Gabeira é que a então, Presidente Dilma, discursa dizendo que sempre defendeu a democracia, o que não é verdade.

Dilma Rousseff, quando jovem, integrou a COLINA – Comando de Libertação Nacional e a VAR-PALMARES, Vanguarda Armada Revolucionária Palmares, o objetivo era introduzir o socialismo a partir da luta armada e não de uma assembleia constituinte conforme defendia a outra corrente a POLOP  – Política Operária.

Então, só para sermos honestos com o passado esses grupos não defendiam a DEMOCRACIA como valor, mas sim a implantação do socialismo, no viés marxista. A citação a seguir esclarece bem essa questão, pois a VAR-PALMARES, foi uma “organização político-militar de caráter partidário, marxista-leninista, que se propõe a cumprir todas as tarefas da guerra revolucionária e da construção do Partido da Classe Operária, com o objetivo de tomar o poder e construir o socialismo”. Fonte: As armas e os varões: A educação política e sentimental de Dilma Roussef, por Luís Maklouf Carvalho. Piauí. Abril de 2009, nº 31, p. 22-31.

Então, honestidade com o passado é o mínimo. Isso faz toda a diferença ao ouvirmos os discursos pautados pelo viés democrático quando na verdade não eram.

Anúncios

»

  1. Precisamos compreender totalmente o significado desses movimentos de massa e dessas denuncias. Como isso irá afetar o desempenhos desses políticos nas eleições de 2014. O estudo das eleições passadas pode nos dar algumas pistas sobre o perfil do candidato e de seus eleitores e como ele se encaixa nesse novo cenário. Que mudanças o candidato tem que fazer na sua postura e programas para atender a este novo eleitor.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s